Pular para o conteúdo principal

Autoestima e Exercícios

Chegou a hora de acabar de vez com a falsa ideia de que temos que estar insatisfeitos com nossos corpos para praticar exercícios. De onde tiramos isso? Provavelmente, do mesmo lugar de onde tiramos a conclusão de que comer um "docinho" nos obriga a malhar por horas e horas.

Desde quando aderir a um programa de exercícios orientado está diretamente relacionado a não gostar da sua autoimagem e ficar se policiando o tempo inteiro?  Praticar exercícios regularmente, ao contrário, tem tudo a ver com se amar e se cuidar. Torne isso um hábito

A realidade, no entanto, é que, de fato, muitos de nós começam a fazer exercícios por estarmos insatisfeitos com nosso corpo, por valorizarmos nossos defeitos, ao invés vez de contemplarmos nossas qualidades.

O que é difícil de perceber é que esse julgamento super crítico de si mesmo pode atrapalhar ao invés de ajudar. Uma ansiedade por um resultado fora da realidade ou em um "estalar de dedos" favorece uma frustração um motivo comum para não levar adiante um programa de exercícios, por exemplo. 

Na verdade, a relação entre exercícios físicos e amor próprio é bem próximaPor isso, aderir a um programa de exercicioa orientado por um personal trainer pode ajudar a melhorar sua autoestima e promover uma verdadeira mudança na sua vida. Veja as razões!

Você merece saúde e felicidade.

Independente do quanto você pesa, da sua idade ou do seu peso, você merece ter uma vida plena e feliz. Para isso, vamos combinar, dar atenção à saúde é essencial.

Ao invés de pensar na alimentação nutritiva e no exercício como punição. Veja por esta perspectiva: Comer de maneira mais saudável e praticar atividade física são alguns dos melhores investimentos que você pode fazer no seu bem mais valioso, você mesma.

I n v e s t i r na própria saúde é investir em autoestima e exercícios, em felicidade.

Nosso corpo é nossa casa

Imagine viver em uma casa desorganizada, com a parede mal pintada, sujeira, a cama quebrada, varal de roupa na sala! Um pesadelo, né?

A casa da gente tem que ser aconchegante, um lugar onde podemos relaxar e nos sentir seguros.

O problema é que, às vezes, estamos deixando nossa outra casa, o corpo (bem mais importante, por sinal!), sem a atenção e o cuidado que ela merece.

E olha que nesta casa moramos para o resto da vida!

Sinta-se forte por dentro e por fora

O sentimento de estar se cuidando é incrivelmente poderoso. Quando você começa a fazer exercícios, seu corpo fica mais resistente, menos vulnerável e você se sente mais forte!

Essa força não fica restrita àquele momento particular da atividade física. Ela passa a fazer parte de você, do seu organismo e de quem você é.

Sentir-se fortalecido por dentro é uma arma poderosa para você se cuidar cada vez mais. É um presente que você dá a si mesma sempre que reafirma o compromisso de fortalecer a autoestima .

Consciência corporal

Se por um lado a vida cotidiana pode oferecer uma série de desafios, testando nossa mente e nosso espírito. Por outro, se você parar para pensar, o corpo não é tão demandado assim. Andamos o dia inteiro de carro.

O trabalho no escritório exige horas no computador. Ao chegarmos em casa, vemos as notícias e as redes sociais estirados no sofá. No final dessa jornada, nosso corpo quase não teve trabalho.

A partir do momento que você se dedica a praticar um programa de exercícios orientado, você ganha uma percepção muito mais consciente do seu corpo.

Passa a apreciar a incrível habilidade dele de trabalhar, suportar, ficar mais forte e se curar. Nosso corpo não foi feito para ficar parado.

E, quando levamos eles para outro patamar, nos exercitando, passamos a sentir nosso corpo no seu elemento, funcionando com muito mais sintonia. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em 2018 qual valor cobrar para o serviço de personal trainer?

VALOR DE SERVIÇOS PARA PERSONAL TRAINER



2018 está chegando e com ele surge uma dúvida: Qual valor cobrar pelos serviços prestados? O Personal Trainer, profissional de educação física, contratado para o atendimento exclusivo na avaliação, prescrição e acompanhamento de treinamento, deve estar atento ao cenário econômico atual ao repassar os valores dos seus serviços para o mercado fitness brasileiro. Como todo profissional autônomo , a manutenção dos custos para o desenvolver da função do personal trainer devem ser mantidos através da captação de recursos financeiros pela prestação dos serviços ofertados. Sendo assim, a sugestão é indexar esses serviços em um índice relevante na economia nacional. A sugestão desse artigo, como possível índice indexador é o salário mínimo nacional, que em 2018 passa a ser de R$ 969,00 (Novecentos e sessenta e nove reais), por um total de 12 treinos assistidos durante o mês; com esse dado chegaremos a um valor médio de hora aula de R$ 80,75 ( Oitenta reais…

IMC não reflete a composição corporal

Entenda de uma vez por todas que  1 kilo vai ser sempre 1 kilo  e pronto!  não é que um "pesa mais que o outro", mas sim uma questão de densidade. A densidade relaciona a massa de um material ao volume que ele ocupa
É significativa a diferença entre massa e volume da gordura e do músculo.  Porém, ao comparar músculo e gordura, chega-se à seguinte conclusão: o músculo é muito mais compacto. Um quilo de gordura é mais volumoso, ocupando muito mais espaço.
Veja bem 100 kilos de músculos ocupam menos espaço comparados com os mesmos 100 kilos de gordura. E no entanto ambos tem o mesmo IMC.










Impacto da prática de exercícios físicos sobre a variável psicológica da auto estima

Você sabe o que é auto estima? Tem idéia da relação que existe entre a prática regular de exercício físico e a variável psicológica da auto estima?

Rosenberg & Simmons (1972, cit. em Batista, 1995) referem que a auto-estima é um constructo  (constructo -substantivo masculino 1construção puramente mental, criada a partir de elementos mais simples, para ser parte de uma teoria. 2.psicobjeto de percepção ou pensamento formado pela combinação de impressões passadas e presentes.)multidimensional, que reflete todos os sentimentos de autovalor relativos ao comportamento, aparência física, inteligência, com o Eu emocional e o Eu social. Posteriormente, o mesmo autor, define auto-estima como a avaliação que o indivíduo faz a respeito do seu próprio valor com base em informações de pessoas que ele considera importantes (amigos, família e professores) e nas auto-percepções em diversos domínios (profissional, físico, familiar). 
A prática regular de exercícios físicos acarreta benefícios a…