Pular para o conteúdo principal

biohacking

Atualmente o cenário biohacking está sendo criado por pessoas revolucionárias, curiosos, entusiastas, biólogos, bio-mecânicos, cientistas de saúde, psicólogos, nutricionistas, especialistas em fitness, personal trainers, praticantes de meditação, esotéricos, life-coach, especialistas epigenética, regulação gênice e por diversos outros tipos de profissionais qualificados que são parte essencial para o crescimento do “movimento biohacking” em todo o mundo.

Quem são os Biohackers?
Bom, a inspiração vem de homens comuns que resolvem se tornar diferentes por estarem inconformados com resultados ou estilo de vida mediana e na ânsia por melhorias nas suas capacidades motoras e desejo de acelerar habilidades cognitivas em relação à resolução de problemas e desempenho das tarefas mudam para o “estilo de vida Biohacker“.
Simples assim!
No Biohacking, encontramos nomes como Dave Asprey da BulletproofTim FerrissBen Greenfield, essa lista acima, eu, você e milhares de desconhecidos.

Todos podem ser Biohacker’s?
O Biohacker é movido pela curiosidade, é um degustador nato de novidades, então, tudo pode ser tentando e muitos hacks que parecem serem esquisitos mas maravilhosos são experimentados e divulgados vez ou outra.

Quando ser um Biohacker?

― “Quando o desejo de mudar começa a ficar incomodo e o indivíduo busca transformar tudo que acha que esta errado dentro dele, inclusive seu baixo desempenho como ser humano, cidadão e profissional”
Para começar a brincadeira, em geral o café preto com açúcar refinado tão comum na mesa dos brasileiros é trocado de imediato por um café de melhor qualidade acrescido de manteiga Ghee, misturado com óleo de coco à sua escolha.
― Tudo que um Biohacker faz tem como objetivo principal a otimização do seu corpo e da sua mente de forma exponencial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em 2018 qual valor cobrar para o serviço de personal trainer?

VALOR DE SERVIÇOS PARA PERSONAL TRAINER



2018 está chegando e com ele surge uma dúvida: Qual valor cobrar pelos serviços prestados? O Personal Trainer, profissional de educação física, contratado para o atendimento exclusivo na avaliação, prescrição e acompanhamento de treinamento, deve estar atento ao cenário econômico atual ao repassar os valores dos seus serviços para o mercado fitness brasileiro. Como todo profissional autônomo , a manutenção dos custos para o desenvolver da função do personal trainer devem ser mantidos através da captação de recursos financeiros pela prestação dos serviços ofertados. Sendo assim, a sugestão é indexar esses serviços em um índice relevante na economia nacional. A sugestão desse artigo, como possível índice indexador é o salário mínimo nacional, que em 2018 passa a ser de R$ 969,00 (Novecentos e sessenta e nove reais), por um total de 12 treinos assistidos durante o mês; com esse dado chegaremos a um valor médio de hora aula de R$ 80,75 ( Oitenta reais…

IMC não reflete a composição corporal

Entenda de uma vez por todas que  1 kilo vai ser sempre 1 kilo  e pronto!  não é que um "pesa mais que o outro", mas sim uma questão de densidade. A densidade relaciona a massa de um material ao volume que ele ocupa
É significativa a diferença entre massa e volume da gordura e do músculo.  Porém, ao comparar músculo e gordura, chega-se à seguinte conclusão: o músculo é muito mais compacto. Um quilo de gordura é mais volumoso, ocupando muito mais espaço.
Veja bem 100 kilos de músculos ocupam menos espaço comparados com os mesmos 100 kilos de gordura. E no entanto ambos tem o mesmo IMC.










Autoestima e Exercícios

Chegou a hora de acabar de vez com a falsa ideia de que temos que estar insatisfeitos com nossos corpos para praticar exercícios. De onde tiramos isso? Provavelmente, do mesmo lugar de onde tiramos a conclusão de que comer um "docinho" nos obriga a malhar por horas e horas.Desde quando aderir a um programa de exercícios orientado está diretamente relacionado a não gostar da sua autoimagem e ficar se policiando o tempo inteiro?  Praticar exercícios regularmente, ao contrário, tem tudo a ver com se amar e se cuidar.Torne isso um hábitoA realidade, no entanto, é que, de fato, muitos de nós começam a fazer exercícios por estarmos insatisfeitos com nosso corpo, por valorizarmos nossos defeitos, ao invés vez de contemplarmos nossas qualidades.O que é difícil de perceber é que esse julgamento super crítico de si mesmo pode atrapalhar ao invés de ajudar. Uma ansiedade por um resultado fora da realidade ou em um "estalar de dedos" favorece uma frustração um motivo comum pa…